Quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2012

 

 

Ele é um aristocrata, um homem de sucesso e poder.

Mas o seu coração ficou destroçado... em Portugal.

 

Numa manhã perfeita de Maio…

 

Neville Wyatt, conde de Kilbourne, aguarda a sua noiva no altar. Mas, para espanto geral, em vez da bela jovem que todos conhecem aparece uma mendiga andrajosa. Perante a nata da aristocracia, o perplexo conde olha para ela e declara que é Lily, a sua mulher! Ao olhar para aquela que em tempos desposou, que amou e perdeu nos campos de batalha de Portugal, ele compromete-se a honrar o seu compromisso… apesar do abismo que agora os separa.

 

Até que Lily fala com franqueza…

 

E afirma querer começar de novo… e que Neville a ame verdadeiramente. Para isso, sabe que terá de estar à altura das expectativas dele, o que a leva a aceitar ser dama de companhia da sua tia e aprender as boas maneiras. A determinada Lily rapidamente conquista a admiração da alta sociedade, demonstrando ser uma condessa à altura do seu conde. Por seu lado, Neville está disposto a tudo para provar à sua formidável mulher que o que sentiu por ela no campo de batalha foi muito mais que desejo, muito mais do que o arrebatamento de…

 

Uma noite de amor.



publicado por Rita Mello às 10:35 | link do entrada | comentar | favorito

4 comentários:
De LucieL a 23 de Fevereiro de 2012 às 20:30
Sou fã confessa, assumida, de Mary Balogh e este era um dos poucos romances dela que ainda não tinha lido... daí ter comprado ontem... e ter terminado de ler hoje... o que com os livros dela é normalíssimo pois ela escreve histórias que prendem e viciam por completo.
Tenho que dar os meus parabéns a Rui Azeredo pelo excelente trabalho de tradução, pois embora existam imprecisões em alguns termos (e erros ortográficos que escaparam à revisão) o trabalho por ele é notável conseguindo manter intacta a essência da escrita de Mary Balogh .
Espero que seja ele a traduzir o "A summer to remember " que é, por assim dizer, a continuação deste. Creio que continuando a trabalhar a autora será capaz de melhorar a adaptação dos termos que a autora usa.
Como leitora dos originais da Mary Balogh é-me estranho ver "manor"(house) como "abadia" que, embora não seja um termo incorrecto, não me parece apropriado ao contexto.
Quero agradecer à ASA por, mais uma vez, estar a traduzir uma excelente autora.
Tal como tem acontecido com os livros da Madeline Hunter , também os da Mary Balogh a serem publicados pela ASA vão fazer companhia às versões originais que já tenho!! :)
Estou a torcer para que na "calha" da ASA esteja Stephanie Laurens , também ela uma escritora reconhecida e com romances históricos assombrosos que têm uma dose soberba de mistério e aventuras.
Estas três autoras têm em comum o facto de escreverem sagas fantásticas e espero que a ASA consiga publicá-las em Portugal.
Mais uma vez, muito obrigado pelo excelente trabalho desenvolvido e fico à espera do próximo livro!! :)
Se precisarem de umas dicas... :P já sabem, é só dizerem!!! :)


De Rita Mello a 24 de Fevereiro de 2012 às 15:12
Olá, Lucie,
Muito obrigada pelas suas palavras. Vou também reencaminhar o seu comentário ao tradutor, que vai gostar de o ler.
E quero agradecer-lhe também pela sugestão que fez em relação à escritora Stephanie Laurens. Qual a sua série preferida dela?
Por último, já que é uma fã de Mary Balogh e Madeline Hunter, queria deixar-lhe uma sugestão: Julia Quinn, cujo romance Crónica de Paixões e Caprichos vai ser publicado pela ASA em março
Boas leituras!


De LucieL a 24 de Fevereiro de 2012 às 22:09
Olá, Rita!
Obrigada por ter respondido ao comentário! :)
Já li um livro da Julia Quinn que me agradou bastante, mas entretanto tenho andado a "devorar" as séries da Stephanie Laurens ... de qualquer forma é a próxima autora a seguir, portanto, em Março, quando a ASA editar vou comprar de certeza.
Relativamente à Stephanie Laurens já li uma série completa The Bastion Club "... e já li três livros da série The black cobra quartet " mas, entretanto, parei porque tenho que ler a série The Cynsters " que é, por assim dizer, a "primeira" série e a mais longa com 15 livros!!!
Esta autora "liga" todas as séries pelo que reencontramos sempre as personagens dos livros anteriores!
Adorei a série do The Bastion Club ", talvez por ser a primeira que li... os enredos são assombrosos!!! :)
Além das séries, a Stephanie Laurens tem editadas as Regencies " (oito livros) que foram os primeiros que li dela... funcionam, de certa forma, como uma série embora, ao contrário das outras, as histórias não estejam tão interligadas!! Provavelmente seria uma boa opção editorial começar por estes uma vez que não é crítico que sejam editados pela "ordem" correcta!! :)
Ela tem uma escrita muito particular e os enredos têm sempre o seu "quê" de mistério e aventura... por exemplo, a série The black cobra quartet " é relativa a ex-agentes britânicos que regressam da Índia em missão secreta... e a acção dos livros decorre nas viagens que cada um deles tem que fazer!!
É uma excelente autora, sem dúvida... e tem muito para se ler... só na série dos Cynsters ainda tenho 14 livros para ler (estou à espera que a editora britânica Piatkus os edite todos pois adoro as versões de bolso que fazem, são lindas!)!!
Bem, exagerei no comentário... mas quando se trata de falar de autoras que eu sigo fielmente... é normal!! :)
Caso necessite de mais alguma "dica", disponha!!!


De Rita Mello a 28 de Fevereiro de 2012 às 10:27
Obrigada pela dica, Lucie!


Comentar entrada

arquivos

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

tags

a arte de amar

a casa do lago

a crítica

a herança

a leste do sol

a melodia do amor

a menina na falésia

a noiva italiana

agatha christie

agnès desarthe

agridoce

alice hoffman

alona kimhi

annie murray

anthony capella

as meninas dos chocolates

as raparigas da villa

as regras da sedução

as vidas privadas de pippa lee

autobigrafia

barbara e stephanie keating

barbara taylor bradford

bernardine kennedy

bernhard schlink

biografia

casamento de conveniência

chimamanda ngozi adichie

chris cleave

cinema

coleção crime à hora do chá

concurso

confissões ao luar

corações sagrados

crítica

crónica de paixões & caprichos

daniel mason

divorciada aos 10 anos

doces aromas

documentos

domenica de rosa

elizabeth edmondson

entrevista

esther freud

excerto

filme

jaycee dugard

jean sasson

joanne harris

jogos de sedução

julia gregson

julia quinn

kate jacobs

katherine webb

kunal basu

lesley pearse

lições de desejo

lili la tigresse

lucinda riley

madeline hunter

mary balogh

mil noites de paixão

natasha solomons

nicholas sparks

nicky pellegrino

nojoud ali

nunca digas adeus

nunca me esqueças

o clube de tricô de sexta à noite

o português inquieto

o segredo de sophia

os ingredientes do amor

os pecados de lord easterbrook

paullina simons

pequena abelha

prémios

procuro-te

quem quer ser bilionário

rani manicka

razões do coração

rebecca miller

roopa farooki

sam bourne

sarah dunant

segue o coração – não olhes para trás

seis suspeitos

sinopse

susanna kearsley

teu para sempre

top

trailer

trilogia langani

um verão em siena

uma carta inesperada

uma casa de família

uma noite de amor

uma vida ao teu lado

vida roubada

vídeo

vikas swarup

w bruce cameron

todas as tags

subscrever feeds