Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHOCOLATE PARA A ALMA – LER NÃO ENGORDA

CHOCOLATE PARA A ALMA – LER NÃO ENGORDA

21
Mai10

O AFINADOR DE PIANOS – A CRÍTICA

Rita Mello

 

 

“É extraordinário como um romance se pode transformar num roteiro tão cativante.”

Grande Reportagem

 

“Existem livros que são difíceis. Não é o caso deste. O Afinador de Pianos surge como que a pedir que a sua leitura seja feita de uma só vez.”

Diário de Notícias

 

“Um fabuloso romance.”

Jornal de Negócios

 

“Uma história muito bem escrita.”

O Independente

 

“Será um livro de aventuras no sentido em que Joseph Conrad escreveu livros de aventuras. O nome do autor de No Coração das Trevas surge invariavelmente sempre que um crítico fala do livro de Daniel Mason. É um enorme elogio. Justificado.”

Público

 

“Um talento a não perder… A viagem, a estada e as vivências de Edgar tornam este romance fascinante.”

LuxWoman

21
Mai10

O AFINADOR DE PIANOS – A CRÍTICA DA BLOGOSFERA

Rita Mello

 

 

“Com uma trama excelentemente construída, compreendendo minuciosas e exuberantes descrições da luxuriante paisagem da região, esta obra, recuperando uma tradição de enciclopedismo literário, aliada ao romance ‘histórico’, leva-nos a reflectir sobre a violência do processo de colonização e sobre o choque de civilizações e culturas.”

Memória Virtual

 

“Este foi dos tais, que não conseguia parar. Só descansei quando cheguei ao fim.

É um romance fascinante sendo o primeiro do autor Daniel Mason, jovem escritor norte-americano que passou um ano a estudar a malária na fronteira da Birmânia com a Tailândia, onde uma boa parte deste romance foi escrito.”

Volta do Duche

 

O Afinador de Pianos é uma viagem de uma beleza indescritível ao Extremo Oriente onde a Música impera como símbolo do Belo como valor absoluto e onde desempenha o papel de mediadora da Paz.”

Há Sempre um Livro... à Nossa Espera!

 

“Apesar de densa e descritiva, a linguagem do autor não deixa de cativar pela sua poesia e musicalidade. A história, desde o início que nos envolve num cenário de mistério, que esperamos desvendar, mas que no final, continua a ficar em aberto.”

Conta-me Histórias

 

“Um envolvente romance que pode clarificar como as culturas ocidentais e orientais se podem misturar e envolver numa névoa perfumada que encandeia e faz brilhar o mais fundo de nós mesmos.

Um romance no qual uma realidade mística e perigosa envolvem o mais puro dos seres humanos levando-o à verdade ou à mentira.”

My Books

18
Mai10

PASSATEMPO – OS VÁRIOS SABORES DA VIDA

Rita Mello

 

Quais são para si os vários sabores da vida?


Responda de forma criativa (e sucinta) a esta questão e habilite-se a ganhar um dos cinco exemplares de Os Vários Sabores da Vida , de Anthony Capella , que a ASA tem para lhe oferecer. A frase terá de ser enviada até quinta-feira, dia 20 de Maio, para joanneharris@sapo.pt


Podem ler os primeiros capítulos de Os Vários Sabores da Vida, de Anthony Capella, aqui.

14
Mai10

E OS VENCEDORES DO PASSATEMPO SEIS SUSPEITOS SÃO...

Rita Mello

 

 

Para além de Seis Suspeitos , que romances de Vikas Swarup foram já publicados na ASA?

Resposta: Quem Quer Ser Bilionário?


Vencedores:

01 – Célia Marteniano

10 – Vítor Manuel Ribeiro

25 – José Augusto Martins Fernandes

50 – Sandra Rabaçal

100 – Sandra Sofia Afonso

 

Parabéns aos vencedores e obrigada a todos os participantes!

14
Mai10

PARA LER ESTE FIM-DE-SEMANA...

Rita Mello

 

 

 

Quem é ele, este jovem que se encaminha descontraidamente para nós em Regent Street, com um cravo na lapela e uma bengala na mão? Poderíamos deduzir que vive bem pois está vestido com as roupas mais modernas, mas estaríamos enganados; poderíamos deduzir que aprecia coisas de qualidade, pois pára para admirar a montra do Liberty, o novo armazém dedicado aos últimos estilos, ou será simplesmente o seu reflexo que está a admirar, os anéis de cabelo encaracolado que lhe dão pelos ombros, em profundo contraste com os outros transeuntes? Poderíamos deduzir que está com fome, pois os seus passos ganham considerável ímpeto levando-o em direcção ao Café Royal, esse labirinto de bisbilhotice e salas de jantar, próximo de Piccadilly; e que é cliente habitual aqui, pela forma como trata o empregado de mesa pelo nome e tira um Pall Mall Gazette do escaparate, a caminho de uma mesa. Talvez pudéssemos inclusivamente concluir que é escritor, pela forma como se detém para anotar qualquer coisa no livro de notas encadernado a pele de bezerro com que anda.

Venham; vou apresentá-los. Sim, admito – conheço este jovem absurdo e, em breve, também o conhecerão. Talvez, ao fim de uma ou duas horas na sua companhia, considerem que o conhecem bem de mais. Duvido que venham a simpatizar com ele: não tem importância, eu próprio não simpatizo muito. Ele é… enfim, verão o que ele é. Mas talvez possam ver para lá disso e imaginar no que ele se tornará. Tal como o café não revela o seu verdadeiro sabor antes de ser colhido, descascado, torrado e infuso, este espécime em particular possui uma ou duas virtudes que acompanham os seus vícios, embora possa ser necessário olhar com mais atenção para as detectar… É que, apesar dos seus defeitos, mantenho uma espécie de afeição exasperada pelo sujeito.

É o ano de 1896. O seu nome é Robert Wallis. Tem vinte e dois anos de idade. Sou eu próprio, uma versão mais jovem de mim, há muitos anos.

 

Podem continuar a ler os primeiros capítulos de Os Vários Sabores da Vida , de Anthony Capella , aqui.

13
Mai10

OS VÁRIOS SABORES DA VIDA – ANTHONY CAPELLA

Rita Mello

 

Do autor de Receitas de Amor e Noivas de Guerra

 

Num momento de distracção, num lugar inesperado, a aventura de uma vida está prestes a começar…

 

Londres, 1896. Robert Wallis, um boémio aspirante a poeta, aceita a proposta de um enigmático mercador de café para compor um “vocabulário de cafés” que capte os seus variados e ricos sabores. Inebriado pelos seus arrebatadores aromas, e pela ainda mais arrebatadora presença de Emily, a filha do mercador, Robert apaixona-se perdidamente. O mundo de Emily é igualmente abalado por esta proximidade: a pouco e pouco, também ela descobre que não é possível despertar alguns sentidos sem desafiar outros.

A contragosto, Robert parte para África em busca da origem do melhor café do mundo. O exotismo do continente africano apanha-o de surpresa. De deslumbramento em deslumbramento, Robert será apresentado à cerimónia tradicional abissínia do café pela mão de Fikre, a escrava de um homem poderoso. E quando Fikre se atreve a dar-lhe às escondidas um grão de café muito especial, tudo o que Wallis julgava saber – sobre café, amor e ele próprio – começa a ser questionado…

 

Uma arrebatadora e sensual história de amor que atravessa duas décadas e três continentes, Os Vários Sabores da Vida é um exótico e inesquecível festim para os sentidos, do autor de Receitas de Amor e Noivas de Guerra.

13
Mai10

OS VÁRIOS SABORES DA VIDA – A CRÍTICA

Rita Mello

 

 

 

“Delicioso em todos os sentidos.”

The Sunday Times

 

“O domínio intensamente sensual das artes do romance e da gastronomia vai conquistar os leitores.”

Booklist

 

Anthony Capella está em grande forma. Uma infusão eclética de elementos tão distintos como o comércio de café, o sufrágio feminino, viagens e esclavagismo, condimentada com uma história de amor exótica.”

The Seattle Times

 

“Uma história arrebatadora, carregada de reviravoltas e surpresas, paixão e, é claro, café.”

The Boston Globe

 

“Uma história erótica e exótica que cimenta a reputação de Anthony Capella como escritor de ficção gourmet.”

The Economist

 

“Magistral.”

Kirkus Reviews

13
Mai10

ANTHONY CAPELLA

Rita Mello

 

Anthony Capella nasceu no Uganda, em 1962, e mora no Oxfordshire, em Inglaterra. Estudou em Oxford e licenciou-se em Literatura Inglesa. Para além de A Rainha dos Gelados, no catálogo da ASA estão já publicados os seus romances Receitas de Amor, Noivas de Guerra, ambos a serem adaptados para o cinema, e Os Vários Sabores da Vida. Os seus livros estão traduzidos para dezanove línguas. Para além de romances, escreve regularmente sobre gastronomia e viagens para o The Sunday Times.


Para mais informações sobre o autor pode consultar o site www.anthonycapella.com

10
Mai10

PASSATEMPO – SEIS SUSPEITOS

Rita Mello

 

 

Para além de Seis Suspeitos , que romances de Vikas Swarup foram já publicados na ASA?

 

Envie a sua resposta para joanneharris@sapo.pt – e se estiver correcta e for a 1.ª, a 10.ª, a 25.ª, a 50.ª ou a 100.ª a chegar, ganha automaticamente um dos cinco exemplares de Seis Suspeitos, de Vikas Swarup, que a ASA tem para oferecer. A data limite é  quinta-feira, dia 13 de Maio.

Pode ler o primeiro capítulo do livro aqui.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

O Meu Outro Blogue

  •  
  • Editoras

  •  
  • Escritoras

  •  
  • Blogues

    Arquivo

    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2014
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2013
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2012
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2011
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2010
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2009
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2008
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D