Sexta-feira, 29 de Julho de 2011

 

 

 



publicado por Rita Mello às 15:29 | link do entrada | comentar | ver comentários (12) | favorito

 

Para além de O Eleito, que romances de Sam Bourne foram já publicados na ASA?

Resposta: Os 36 Homens JustosJuízo Final e O Último Testamento.

 

Vencedores:

01 – Aluizio Xavier

25 – Luís Silva

50 – Marco Pereira

75 – Mónica Sobreira

100 – Carla Sousa

 

Parabéns aos vencedores e obrigada a todos os participantes!

E boas férias! {#emotions_dlg.sol}



publicado por Rita Mello às 15:09 | link do entrada | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 25 de Julho de 2011

 

Para além de O Eleito, que romances de Sam Bourne foram já publicados na ASA?

 

Envie a sua resposta para joanneharris@sapo.pt – e se estiver correcta e for a 1.ª, a 25.ª, a 50.ª  75.ª ou a 100.ª a chegar, ganha automaticamente um dos cinco exemplares de O Eleito, de Sam Bourne, que a ASA tem para oferecer. A data limite é quinta-feira, dia 28 de Julho.



publicado por Rita Mello às 10:57 | link do entrada | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sábado, 23 de Julho de 2011

 

Sarah Dunant é autora de uma aclamada trilogia de romances sobre a Renascença, protagonizados por três diferentes mulheres, e da qual constam O Nascimento de VénusCorações Sagrados e A Cortesã. A pesquisa meticulosa da autora deu origem a retratos vívidos da história secreta das mulheres, através das personagens de uma nobre florentina, de uma cortesã veneziana e das envolventes e fascinantes vidas das Irmãs do Convento de Santa Caterina. Corações Sagrados foi finalista da primeira edição do Walter Scott Prize for Historical Novels em 2010. Em 1993, Sarah venceu o Silver Dagger for Fiction com Flatlands. Atualmente, divide o seu tempo entre Londres e Florença.

 

Para mais informações sobre a autora consulte o site www.sarahdunant.com



publicado por Rita Mello às 09:22 | link do entrada | comentar | favorito

Quinta-feira, 21 de Julho de 2011

 

Quem protege os segredos do Presidente dos Estados Unidos?

 

Estados Unidos da América. A mais poderosa democracia do mundo.

No jogo político de Washington, as apostas são altas, mas nem todos estão dispostos a jogar segundo as regras…

 

A popularidade de Stephen Baker, o recém-eleito Presidente dos Estados Unidos, está em alta. Depois de anos conturbados, os Americanos depositam nele toda a sua confiança. Mas há sempre quem represente a excepção, e essa pessoa é Vic Forbes, um homem na posse de informação tão diabólica que poderá destruir o Presidente.

Quando Forbes é assassinado, as teorias de conspiração multiplicam-se. Será que foi o próprio Stephen Baker a ordenar a sua morte, ou terá sido obra dos seus opositores, dispostos a tudo para o desacreditar?

A ex-conselheira presidencial Maggie Costello é encarregada de conduzir uma investigação paralela. Na sua busca pela verdade, ela vai deparar-se com o impensável: uma conspiração em grande escala que remonta ao passado e ao próprio nascimento dos Estados Unidos…



publicado por Rita Mello às 14:21 | link do entrada | comentar | ver comentários (1) | favorito

 

 

 Sam Bourne é o melhor escritor de thrillers de teorias de conspiração religiosas.”

The Guardian

 

Sam Bourne é um mestre do género.”

The Observer

 

“Melhor do que Dan Brown.”

The Sunday Times

 

“Brilhante e envolvente.”

Heat

 

“O livro de férias perfeito.”

The Jewish Chronicle



publicado por Rita Mello às 14:21 | link do entrada | comentar | favorito

Quarta-feira, 20 de Julho de 2011

 

Como se chama a enteada de Sappho, a protagonista de O Diário da Madrasta?

Resposta: Isobel.

 

Vencedores:

01 – Carla Cruz

25 – Fernanda Pereira Mendes

50 – Sara Gomes

75 – Magali Viana Martins

100 – Susana Pombo

 

Parabéns aos vencedores e obrigada a todos os participantes!



publicado por Rita Mello às 16:18 | link do entrada | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 15 de Julho de 2011

 

Depois de a edição em hardback ter conquistado o lugar cimeiro nos tops do Reino Unido, Irlanda, África do Sul e Nova Zelândia, Belle, o novo romance de Lesley Pearse, entrou directamente para o segundo lugar do top de vendas em paperback no Reino Unido, tendo vendido quase 25 mil exemplares em apenas três dias.

Uma das escritoras preferidas do público português, Lesley Pearse é autora de uma vasta obra já traduzida para mais de trinta línguas, tendo vendido quase quatro milhões de exemplares. Para além de A Cigana, que a ASA publicará em Outubro e que contará com a presença da autora em Portugal para a sua promoção, no nosso país estão já publicados com grande sucesso os seus romances Nunca Me EsqueçasProcuro-te e Segue o Coração.

A própria vida de Lesley Pearse é uma grande fonte de material para os seus romances, quer esteja a escrever sobre a dor do primeiro amor, crianças indesejadas e maltratadas, adopção, rejeição, pobreza ou vingança, uma vez que conheceu tudo isto em primeira mão. Ela é uma lutadora, e a estabilidade e sucesso que atingiu na sua vida deve-os à escrita. Com o apoio da editora Penguin, criou o Women of Courage Award para distinguir mulheres comuns dotadas de uma coragem extraordinária.

 

Sinopse de Belle:

 

Ela testemunhou um homicídio, agora é a sua própria vida que corre perigo.

Apesar de ter sido criada num bordel de Londres, Beth, de quinze anos não passa de uma rapariga inocente. Mas, quando testemunha uma das raparigas do bordel a ser brutalmente estrangulada por um cliente, ela é atirada de cabeça para um mundo cruel e sem escrúpulos. Resgatada das ruas e vendida para a prostituição, ela torna-se cortesã em Nova Orleães. À mercê de homens desesperados atraídos pela sua beleza, os sonhos de Belle de um lar, uma família e de liberdade parecem em vão.

Serão a coragem e a força de espírito de Belle suficientes para a ajudar a escapar? E o que terá ela à sua espera no fim desta longa e perigosa jornada de regresso a casa?



publicado por Rita Mello às 10:41 | link do entrada | comentar | ver comentários (25) | favorito

Quarta-feira, 13 de Julho de 2011

 

Como se chama a enteada de Sappho, a protagonista de O Diário da Madrasta?

 

Envie a sua resposta para joanneharris@sapo.pt – e se estiver correcta e for a 1.ª, a 25.ª, a 50.ª  75.ª ou a 100.ª a chegar, ganha automaticamente um dos cinco exemplares de O Diário da Madrasta, de Fay Weldon, que a ASA tem para oferecer. A data limite é terça-feira, dia 19 de Julho.



publicado por Rita Mello às 16:00 | link do entrada | comentar | favorito

Terça-feira, 12 de Julho de 2011

 

No outro dia, li os diários da minha filha. E deixem-me partilhar uma coisa convosco. Podem pensar que sabem o que se passa na vossa família. Mas, acreditem em mim, estão enganados.

 

Sappho está apaixonada. O dia do seu casamento com Gavin marca o início de uma nova vida, na qual tudo parece finalmente fazer sentido. Mas a feliz noiva não tinha contado com Isobel, a filha de Gavin…

Aos olhos de todos, Isobel é uma rapariga encantadora que acolhe a sua nova madrasta de braços abertos. Porém, há algo que as alegres fotografias de família e a fachada impecável da sua casa não revelam. Algo com consequências imprevisíveis.

 

A madrasta malvada é uma figura clássica da literatura. De Cinderela a Hamlet, ela é retratada como uma manipuladora maquiavélica decidida a anular os filhos do marido. Mas a realidade nunca é assim tão simples.

Com a ternura e a perspicácia que fizeram de Fay Weldon uma das mais queridas autoras do público inglês, O Diário da Madrasta é um romance perturbador e notável sobre a vida familiar contemporânea.

Um verdadeiro conto de fadas dos tempos modernos.



publicado por Rita Mello às 14:06 | link do entrada | comentar | ver comentários (2) | favorito

 

“É raro encontrar um romance contemporâneo escrito com tanto talento. Os livros de Fay Weldon podem ser lidos como fábulas, e esta é magnífica!”

The Observer

 

“Uma fábula moderna e perversa… Fay Weldon está numa forma soberba.”

The Times

 

“Impressionante.”

The Independent

 

“Um romance que abrange todo o espectro das relações familiares. É profundo, alarmante, divertido e sábio… Altamente recomendado.”

The Daily Telegraph

 

“O estilo perspicaz e virtuoso de Fay Weldon atinge neste Diário um equilíbrio perfeito entre terapia e intriga.”

The Times

 

“Uma divertida dissecação das relações femininas e dos perigos de se adoptar uma nova família num segundo casamento.”

The Observer

 

Fay Weldon tem um grande sentido de humor, um ouvido brilhante para diálogos e uma tremenda imaginação.”

Daily Mail

 

“Um relato sarcástico e espirituoso de um mundo dúplice, no qual equívocos inesperados são adaptados para a experiência feminina.”

Saga



publicado por Rita Mello às 14:05 | link do entrada | comentar | favorito

Fay Weldon é uma das mais estimadas e respeitadas autoras britânicas. Nasceu em 1931 e passou parte da infância na Nova Zelândia, tendo regressado a Inglaterra aos dez anos. Estudou Economia e Psicologia na Universidade de St Andrews, na Escócia, e trabalhou durante um breve período no Ministério dos Negócios Estrangeiros, em Londres. Mais tarde, dedicou-se à escrita a tempo inteiro, como romancista, dramaturga e argumentista. Foi presidente do júri do Booker Prize em 1983 e doutora honoris causa pela Universidade de St Andrews em 1990. Foi finalista do Booker Prize em 1979, com Praxis, e venceu o PEN/Macmillan Silver Pen Award em 1996, com Wicked Women. Em 2001, foi distinguida com o título de Commander of the British Empire. Vive no Dorset, em Inglaterra, com o marido, o poeta Nick Fox.



publicado por Rita Mello às 14:04 | link do entrada | comentar | favorito

Segunda-feira, 11 de Julho de 2011

 

 

Como se chama o primeiro romance de Katherine Webb?

Resposta: A Herança.

 

Vencedores:

01 – Maria Mesquita

25 – Andreia da Silva Morgado

50 – Marina Palma

75 – Sofia Santos

100 – Márcia Machado

 

Parabéns aos vencedores e obrigada a todos os participantes!



publicado por Rita Mello às 14:17 | link do entrada | comentar | ver comentários (6) | favorito

Sexta-feira, 8 de Julho de 2011


publicado por Rita Mello às 10:41 | link do entrada | comentar | favorito

Terça-feira, 5 de Julho de 2011

 

Como se chama o primeiro romance de Katherine Webb?

 

Envie a sua resposta para joanneharris@sapo.pt – e se estiver correcta e for a 1.ª, a 25.ª, a 50.ª  75.ª ou a 100.ª a chegar, ganha automaticamente um dos cinco exemplares de A Herança, de Katherine Webb, que a ASA tem para oferecer. A data limite é domingo, dia 10 de Julho.



publicado por Rita Mello às 10:22 | link do entrada | comentar | ver comentários (4) | favorito

arquivos

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

tags

a arte de amar

a casa do lago

a crítica

a herança

a leste do sol

a melodia do amor

a menina na falésia

a noiva italiana

agatha christie

agnès desarthe

agridoce

alice hoffman

alona kimhi

annie murray

anthony capella

as meninas dos chocolates

as raparigas da villa

as regras da sedução

as vidas privadas de pippa lee

autobigrafia

barbara e stephanie keating

barbara taylor bradford

bernardine kennedy

bernhard schlink

biografia

casamento de conveniência

chimamanda ngozi adichie

chris cleave

cinema

coleção crime à hora do chá

concurso

confissões ao luar

corações sagrados

crítica

crónica de paixões & caprichos

daniel mason

divorciada aos 10 anos

doces aromas

documentos

domenica de rosa

elizabeth edmondson

entrevista

esther freud

excerto

filme

jaycee dugard

jean sasson

joanne harris

jogos de sedução

julia gregson

julia quinn

kate jacobs

katherine webb

kunal basu

lesley pearse

lições de desejo

lili la tigresse

lucinda riley

madeline hunter

mary balogh

mil noites de paixão

natasha solomons

nicholas sparks

nicky pellegrino

nojoud ali

nunca digas adeus

nunca me esqueças

o clube de tricô de sexta à noite

o português inquieto

o segredo de sophia

os ingredientes do amor

os pecados de lord easterbrook

paullina simons

pequena abelha

prémios

procuro-te

quem quer ser bilionário

rani manicka

razões do coração

rebecca miller

roopa farooki

sam bourne

sarah dunant

segue o coração – não olhes para trás

seis suspeitos

sinopse

susanna kearsley

teu para sempre

top

trailer

trilogia langani

um verão em siena

uma carta inesperada

uma casa de família

uma noite de amor

uma vida ao teu lado

vida roubada

vídeo

vikas swarup

w bruce cameron

todas as tags

subscrever feeds