Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHOCOLATE PARA A ALMA – LER NÃO ENGORDA

CHOCOLATE PARA A ALMA – LER NÃO ENGORDA

11
Mai09

LEIA OS PRIMEIROS CAPÍTULOS DE A NOIVA ITALIANA

Rita Mello

 

O manequim estava encostado no canto do quarto de Pieta, no sótão. O vestido que ela tinha enfiado nele não era mais do que um molde toscamente alinhavado, mas Pieta via a forma que viria a tomar. A bela guarnição de pérolas, a queda da cauda, a faixa atada à cinta. Ia ser magnífico.

 

Era o momento que Pieta mais adorava. Quando o vestido e o futuro da noiva encerravam um manancial de promessas. Por vezes, mais tarde, havia desilusões, talvez mesmo desgostos. Mas este momento, em que o vestido não era mais do que uma forma rudimentar e toda a sua beleza ainda estava aprisionada na imaginação de Pieta, era o melhor de todos.

 

Normalmente, Pieta conhecia o vestido antes de conhecer a noiva. A visão do que criaria com os seus rolos de renda, tule e seda surgia-lhe na cabeça ainda antes de terminar a primeira reunião. Mais tarde, durante as intermináveis provas, vergaria a noiva à sua vontade, tão suave e persuasivamente que elas pareciam sempre pensar que a ideia era sua. Esqueça a flor de tecido na anca; não, nada de bainhas elaboradas. Isso, isso, assim é que fica bem.

 

Na última prova, quando a noiva ia para a Sala dos Espelhos e lhe calçavam sapatos e colocavam um véu sobre o rosto, Pieta sentia-se sempre triste. Estava prestes a libertar o seu vestido para o mundo e sabia-se lá como este – e a mulher que o envergava – se iriam sair, pois havia coisas bem piores do que um rasgão na renda, ou bainhas sujas, e Pieta sabia-o.

 

E este vestido, o que envolvia o manequim no seu quarto, era diferente. Mais importante do que qualquer um dos seus predecessores, era mais difícil separar-se dele. Pieta sentou-se na cama, apoiada contra as almofadas, e contemplou o molde. Esta peça simples seria o vestido de noiva da sua irmã mais nova, e tudo nele tinha de ser perfeito.

 

Continue a ler A Noiva Italiana aqui.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

O Meu Outro Blogue

  •  
  • Editoras

  •  
  • Escritoras

  •  
  • Blogues

    Arquivo

    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2014
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2013
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2012
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2011
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2010
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2009
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2008
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D