Sexta-feira, 16 de Julho de 2010

 

 

“Escrito com a mestria de Charles Dickens e toques de fantasia dignos de Harry Potter… Magia pura e simples.”

The New York Times


“De vez em quando – se tivermos sorte – encontramos um romance tão maravilhoso que gostaríamos que todas as outras pessoas do mundo o lessem também. Este é um desses livros: uma obra de magia literária.”

Elizabeth Gilbert, autora de Comer, Orar, Amar


“Uma das histórias mais inspiradoras desde Oliver Twist.”

O. The Oprah Magazine


“Um romance fulgurante como um relâmpago – belo, perturbador e absolutamente brilhante. Hannah Tinti é um Robert Louis Stevenson do século XXI.”

Junot Díaz


“Contém todos os ingredientes de um clássico.”

San Francisco Chronicle


O Bom Ladrão faz-nos lembrar porque nos apaixonámos pela leitura. E essa é uma dádiva preciosa.”

Boston Globe


Hannah Tinti trata os leitores como um comboio descontrolado trata os seus passageiros: arranca na sua história fantástica sabendo que eles não terão outra opção senão agarrar-se e esperar para ver como as coisas vão acabar.”

Associated Press


“Lembra-nos simultaneamente Charles Dickens e J.K. Rowling… A história é fantástica, mas o mundo que Tinti pinta é complexo e cheio de equívocos.”

The Philadelphia Inquirer


“A chave para o sucesso de Tinti com este romance é a tensão constante entre a ternura e o perigo, uma tensão que ela intensifica até às últimas páginas.”

The Washington Post


Tinti assegurou o seu lugar como uma das mais inteligentes e perspicazes jovens romancistas americanas.”

Entertainment Weekly


“Difícil de parar de ler… Um desfile de cenas de perseguição, momentos carregados de suspense e revelações.”

The Seattle Times


“Maravilhosamente satisfatório… Rico em detalhes sensoriais, reviravoltas surpreendentes e personagens vivas por quem torcer.”

Kirkus Reviews


“Um romance de estreia tão rico que esperamos que seja o primeiro de uma série.”

Plain Dealer


“No seu muito original romance de estreia, Tinti torna os horrores e maravilhas que imaginou totalmente credíveis e ricos em implicações, ao criar uma história de comédia negra enfeitiçadora, sinistra e ao mesmo tempo positiva, sobre a eterna batalha entre o Bem e o Mal.”

Booklist


Hannah Tinti trata os leitores como um comboio descontrolado trata os seus passageiros: arranca na sua história fantástica sabendo que eles não terão outra opção senão agarrar-se e esperar para ver como as coisas vão acabar.”

Associated Press


“Um romance de estreia notável… Desenrola-se como uma história de Robert Louis Stevenson recontada entre a sordidez miserável da Nova Inglaterra colonial. A pura estranheza da história é cativante… Muito divertido.”

The New Yorker


O Bom Ladrão é um revivalismo tão divertido quanto perfeitamente afinado, e tão divertido quanto preciso.”

The Believer


O Bom Ladrão é o tipo de romance que faz da expressão ‘antiquado’ um elogio – um enredo firme, sem-cerimónias, irresistível. Tinti escreve com uma prosa simples, perfeita na sua intensidade, que agarra o leitor e não o larga mais.”

Orlando Sentinel



publicado por Rita Mello às 16:50 | link do entrada | comentar | favorito

arquivos

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

tags

a arte de amar

a casa do lago

a crítica

a herança

a leste do sol

a melodia do amor

a menina na falésia

a noiva italiana

agatha christie

agnès desarthe

agridoce

alice hoffman

alona kimhi

annie murray

anthony capella

as meninas dos chocolates

as raparigas da villa

as regras da sedução

as vidas privadas de pippa lee

autobigrafia

barbara e stephanie keating

barbara taylor bradford

bernardine kennedy

bernhard schlink

biografia

casamento de conveniência

chimamanda ngozi adichie

chris cleave

cinema

coleção crime à hora do chá

concurso

confissões ao luar

corações sagrados

crítica

crónica de paixões & caprichos

daniel mason

divorciada aos 10 anos

doces aromas

documentos

domenica de rosa

elizabeth edmondson

entrevista

esther freud

excerto

filme

jaycee dugard

jean sasson

joanne harris

jogos de sedução

julia gregson

julia quinn

kate jacobs

katherine webb

kunal basu

lesley pearse

lições de desejo

lili la tigresse

lucinda riley

madeline hunter

mary balogh

mil noites de paixão

natasha solomons

nicholas sparks

nicky pellegrino

nojoud ali

nunca digas adeus

nunca me esqueças

o clube de tricô de sexta à noite

o português inquieto

o segredo de sophia

os ingredientes do amor

os pecados de lord easterbrook

paullina simons

pequena abelha

prémios

procuro-te

quem quer ser bilionário

rani manicka

razões do coração

rebecca miller

roopa farooki

sam bourne

sarah dunant

segue o coração – não olhes para trás

seis suspeitos

sinopse

susanna kearsley

teu para sempre

top

trailer

trilogia langani

um verão em siena

uma carta inesperada

uma casa de família

uma noite de amor

uma vida ao teu lado

vida roubada

vídeo

vikas swarup

w bruce cameron

todas as tags

subscrever feeds