Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHOCOLATE PARA A ALMA – LER NÃO ENGORDA

CHOCOLATE PARA A ALMA – LER NÃO ENGORDA

23
Fev09

QUEM QUER SER BILIONÁRIO? ARREBATA OS ÓSCARES

Rita Mello


Quem Quer Ser Bilionário? foi o grande vencedor da 81.ª edição dos Óscares ao conquistar oito estatuetas, entre eles, o de Melhor Filme, Melhor Realizador (Danny Boyle) e Melhor Argumento Adaptado (Simon Beaufoy).

 

Para além de vencer nestas categorias, o filme baseado no romance homónimo de Vikas Swarup arrebatou também o Óscar para Melhor Fotografia (Anthony Dod Mantle), Melhor Montagem (Chris Dickens), Melhor Som (Ian Tapp, Richard Pryke e Resul Pookutty), Melhor Canção Original (“Jai Ho”, de A. R. Rahman) e Melhor Banda Sonora Original (A. R. Rahman).

 


Kate Winslet venceu o Óscar para Melhor Actriz pelo seu desempenho em O Leitor, adaptado do romance homónimo de Bernhard Schlink.

Confira a lista completa de galardoados aqui.

12
Fev09

O LEITOR

Rita Mello

 

Em 1960, Michael Berg é iniciado no amor por Hanna Schmitz. Ele tem 15 anos, ela 36. Ela é uma mulher madura, bela, sensual e autoritária. Os seus encontros decorrem como um ritual: primeiro banham-se, depois ele lê, ela escuta, e finalmente fazem amor. Mas este período de felicidade incerta tem um fim abrupto quando Hanna desaparece subitamente.

Michael só a encontrará muitos anos mais tarde, envolvida num processo de acusação a ex-guardas dos campos de concentração nazis. Inicia-se então uma reflexão metódica e dolorosa sobre a legitimidade de uma geração, a braços com a vergonha, julgar a geração anterior, responsável por vários crimes.


Perturbadora meditação sobre os destinos da Alemanha, O Leitor, é desde O Perfume, o romance alemão mais aplaudido nacional e internacionalmente. Traduzido em 39 línguas, a obra foi adaptada ao cinema, num filme nomeado para cinco Óscares, tendo o Óscar de Melhor Actriz sido atribuído a Kate Winslet.  Para além disso, este romance foi galardoado em 1997 com os prémios Grinzane Cavour, Hans Fallada e Laure Bataillon. Em 1999 venceu o Prémio de Literatura do Die Welt.

12
Fev09

O LEITOR – A CRÍTICA

Rita Mello

“Uma pérola negra.”

Expresso

 

“Uma obra-prima.”

O Independente

 

O Leitor ultrapassa as fronteiras e fala directamente ao coração.”

The New York Times Book Review

 

“Schlink interroga-se, num livro soberbo, sobre os destinos de uma geração presa na engrenagem do amor e da culpa.”

Le Monde

12
Fev09

O LEITOR – EXCERTO

Rita Mello

Aos quinze anos tive icterícia. A doença começou no Outono e acabou na Primavera. Quanto mais frio e escuro se tornava o ano velho, mais eu enfraquecia. Só melhorei com o novo ano. Janeiro foi um mês quente, e a minha mãe levou-me a cama para a varanda. Via o céu, o sol, as nuvens, e ouvia as crianças a brincarem no pátio. Em Fevereiro, num final de tarde, ouvi cantar um melro.

 

Vivíamos na Rua das Flores, no segundo andar de um grande prédio do começo do século. O meu primeiro passeio levou-me à Rua da Estação. Foi ali que, numa segunda-feira de Outubro, no caminho da escola para casa, vomitei. Havia já muitos dias que me sentia fraco, tão fraco como nunca antes na minha vida. Cada passo era um esforço. Quando subia escadas, na escola ou em casa, quase não me sustinha nas pernas. Também não me apetecia comer. Mesmo quando sentia fome e me sentava à mesa, depressa ficava com repugnância pela comida. De manhã acordava com a boca seca e com a sensação de que as minhas vísceras pesavam mais do que o costume e que estavam mal arrumadas dentro do corpo. Envergonhava-me de estar tão fraco. E envergonhei-me sobretudo quando vomitei. Também isso nunca me acontecera na vida. A boca encheu-se de vómito, tentei engolir, apertei os lábios com força e tapei a boca com a mão, mas aquilo jorrou através dos dedos. Depois apoiei-me à parede de uma casa, olhei o vomitado aos meus pés e saiu-me ainda uma aguadilha clara.

 

A mulher que me ajudou fê-lo de uma maneira quase brutal.

 

12
Fev09

BERNHARD SCHLINK

Rita Mello

 

 

Bernhard Schlink nasceu em 1944, em Bielefeld, e é jurista de formação. Foi juiz do Tribunal Constitucional da Renânia Setentrional-Vestefália e professor de Direito Público e de Filosofia do Direito na Universidade Humboldt, em Berlim. Para além de O Fim de Semana, na ASA foram já publicados os seus romances O Leitor, adaptado para o cinema e vencedor do Óscar para melhor actriz, atribuído a Kate Winslet, Neblina sobre Mannheim, O Regresso e O Outro Homem e Outras Histórias, do qual um conto foi já transposto para os grandes ecrãs. As suas obras estão publicadas em 48 línguas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

O Meu Outro Blogue

  •  
  • Editoras

  •  
  • Escritoras

  •  
  • Blogues

    Arquivo

    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2014
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2013
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2012
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2011
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2010
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2009
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2008
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D