Terça-feira, 13.07.10

 

Commonwealth Writers’ Prize para o Sudeste Asiático e Pacífico Sul 2003


Os sons, os cheiros e os sabores da Malásia.

A vida atribulada de quatro gerações de mulheres.


Os sons, os cheiros e os sabores da Malásia do século XX – um mundo sensual e exótico, povoado de mitos e magia, de deuses e fantasmas – unem-se numa sábia combinação de tradição e realismo mágico para contar uma história de riso, perda, amor e traição, que é, no fundo, o relato da vida atribulada de quatro gerações de mulheres.

Lakshmi é uma jovem de apenas catorze anos quando é obrigada a deixar o Ceilão, onde nasceu e viveu até então, para se casar com um homem bastante mais velho. Cinco anos depois, Lakshmi tem já cinco filhos e, não obstante a sua idade, apercebe-se de que terá de ser ela própria a construir o seu futuro. Implacável na sua determinação, tornar-se-á na admirável matriarca da família. Os seus filhos e filhas, com as suas distintas personalidades e percepções da história, vão configurando a saga familiar, que alterna momentos de alegria e dor, como os vividos aquando da cruel invasão japonesa, que deixará indeléveis cicatrizes em todos eles. Nisha, a neta, será quem finalmente irá reconstruir o mosaico da história familiar e o legado de Lakshmi, a Guardiã de Sonhos, para nos oferecer uma complexa e sensual trama de sentimentos e vivências que atravessa a vida de quatro gerações.



publicado por Rita Mello às 09:55 | link do entrada | comentar | favorito

 

 

“Um livro poderoso!”

Sunday Mirror


Rani Manicka é uma genuína contadora de histórias...”

In Style


“Conseguem vislumbrar-se nesta exótica saga familiar os ecos de Memórias de Uma Gueixa.”

Mirror



publicado por Rita Mello às 09:54 | link do entrada | comentar | favorito

 

Um romance inquietante com um início mágico


Após a morte da mãe, as jovens e belas gémeas Nutan e Zeenat vêem-se forçadas a abandonar a paradisíaca ilha de Bali e a protecção da sua avó, uma grande especialista em magia, tradições e lendas, para se instalarem em Londres, onde tentam ganhar a vida trabalhando num café. Aí conhecem Ricky, um jovem sedutor siciliano que lhes abre as portas do Templo da Aranha, um local decadente e excessivo que mudará para sempre as suas vidas.

Um pintor, a amante de um milionário, uma prostituta e um cabeleireiro de sucesso, todos eles habitantes deste romance, acompanham as duas irmãs nesta aventura carregada de sentimentos, que percorre a frágil fronteira entre a vida e a morte, a corrupção e a inocência.


Magia e exotismo fundem-se com a dura realidade para oferecer uma história inquietante sobre a perda da inocência e a redenção.



publicado por Rita Mello às 09:52 | link do entrada | comentar | favorito

 

“Mais uma vez Rani Manicka deixou-me enfeitiçada com a sua bela prosa e o seu enredo intricadamente tecido. As Flores do Templo é um relato poderoso e sombrio feito por uma contadora de histórias extremamente talentosa.”

Santa Montefiore


“Um romance poderoso, rico em atmosfera e tensão.”

Woman & Home


“Tecido como o belo intricado de uma teia de aranha, As Flores do Templo usa uma escrita lírica e requintada para nos apresentar a dura realidade da inocência perdida.”

Heat


“Vibrante e inquietante.”

The Sydney Morning Herald


“Uma leitura poderosa e perturbante.”

Glamour



publicado por Rita Mello às 09:51 | link do entrada | comentar | favorito

Quinta-feira, 08.07.10

 

 

Para além de O Amante Japonês, que romances de Rani Manicka foram já publicadas na ASA?

Resposta: A Guardiã dos Sonhos e As Flores do Templo.

 

Vencedores:

01 – Eduarda Ferreira André

25 – Bruno Martins Azevedo

50 – Maria Leontina Costa Lopes

75 – Ana Rute Duarte

100 – Márcia Machado

 

Parabéns aos vencedores e obrigada a todos os participantes!



publicado por Rita Mello às 14:05 | link do entrada | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 05.07.10

 

 

Para além de O Amante Japonês, que romances de Rani Manicka foram já publicadas na ASA?

 

Envie a sua resposta para joanneharris@sapo.pt – e se estiver correcta e for a 1.ª, a 25.ª, a 50.ª  75.ª ou a 100.ª a chegar, ganha automaticamente um dos cinco exemplares de O Amante Japonês, de Rani Manicka, que a ASA tem para oferecer. A data limite é quarta-feira, dia 7 de Julho.



publicado por Rita Mello às 15:28 | link do entrada | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 02.07.10

 

Como poderia ela dizer-lhe que tinha estado toda a vida à espera de amor, de um amor que não conhecesse limites?

 

Parvathi é uma sonhadora. Mais do que tudo, deseja amar – e ser amada – sem restrições. Mas o pai tem para ela planos que incluem um casamento arranjado com um desconhecido. Ele é um viúvo rico da Malásia, para onde a jovem será obrigada a partir. Recém-chegada a uma terra desconhecida, vê-se a braços com a fúria do marido. É que o pai de Parvathi enganou-o, enviando-lhe a fotografia de uma rapariga diferente… e mais bonita. Mas, lentamente, marido e mulher chegam a um entendimento. Ela é uma esposa dedicada mas vive um casamento sem paixão. No seu íntimo, continua a sonhar. O mundo à sua volta está em convulsão, e a sua própria vida rapidamente mudará também: o marido morre e a Malásia é invadida pelo Japão. Para salvar a dignidade da enteada, Parvathi aceita entregar-se todas as noites ao general japonês que lhe ocupa a casa. Será desta forma inesperada que conhece pela primeira vez a paixão. Gradualmente, o seu inimigo de morte transforma-se no amante por quem sempre ansiou…

 

Povoada de mitos e magia, esta exótica saga familiar é um retrato inesquecível da história recente da Malásia e um hino ao poder do amor incondicional.



publicado por Rita Mello às 16:02 | link do entrada | comentar | ver comentários (2) | favorito

 

 

Rani Manicka colocou a Malásia no panorama literário internacional.”

Time

 

“Uma escritora com um talento sensacional.”

The Sunday Tribune



publicado por Rita Mello às 16:00 | link do entrada | comentar | favorito

 

 

Rani Manicka nasceu na Malásia. Formada em Economia na Alemanha, divide o seu tempo entre a Grã-Bretanha e a Malásia. Para além de O Amante Japonês, na ASA foram já publicados os seus romances, A Guardiã dos Sonhos, vencedor do Commonwealth Writers’ Prize para o Sudeste Asiático e Pacífico Sul em 2003, e As Flores do Templo , nomeado para o International IMPAC Dublin Literary Award em 2006. Os seus romances estão traduzidos para vinte e duas línguas e alcançaram já uma grande aclamação internacional.



publicado por Rita Mello às 15:59 | link do entrada | comentar | favorito

Quarta-feira, 30.06.10

 

 

 



publicado por Rita Mello às 16:58 | link do entrada | comentar | ver comentários (3) | favorito

arquivos

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

tags

a arte de amar

a casa do lago

a crítica

a herança

a leste do sol

a melodia do amor

a menina na falésia

a noiva italiana

agatha christie

agnès desarthe

agridoce

alice hoffman

alona kimhi

annie murray

anthony capella

as meninas dos chocolates

as raparigas da villa

as regras da sedução

as vidas privadas de pippa lee

autobigrafia

barbara e stephanie keating

barbara taylor bradford

bernardine kennedy

bernhard schlink

biografia

casamento de conveniência

chimamanda ngozi adichie

chris cleave

cinema

coleção crime à hora do chá

concurso

confissões ao luar

corações sagrados

crítica

crónica de paixões & caprichos

daniel mason

divorciada aos 10 anos

doces aromas

documentos

domenica de rosa

elizabeth edmondson

entrevista

esther freud

excerto

filme

jaycee dugard

jean sasson

joanne harris

jogos de sedução

julia gregson

julia quinn

kate jacobs

katherine webb

kunal basu

lesley pearse

lições de desejo

lili la tigresse

lucinda riley

madeline hunter

mary balogh

mil noites de paixão

natasha solomons

nicholas sparks

nicky pellegrino

nojoud ali

nunca digas adeus

nunca me esqueças

o clube de tricô de sexta à noite

o português inquieto

o segredo de sophia

os ingredientes do amor

os pecados de lord easterbrook

paullina simons

pequena abelha

prémios

procuro-te

quem quer ser bilionário

rani manicka

razões do coração

rebecca miller

roopa farooki

sam bourne

sarah dunant

segue o coração – não olhes para trás

seis suspeitos

sinopse

susanna kearsley

teu para sempre

top

trailer

trilogia langani

um verão em siena

uma carta inesperada

uma casa de família

uma noite de amor

uma vida ao teu lado

vida roubada

vídeo

vikas swarup

w bruce cameron

todas as tags

subscrever feeds